A escuridão de Cecília

Cecília caminhou em minha direção, mas…esqueça, ignore este nome.

Eu não a conheço, apenas inventei um para aquela mulher de pernas tão transparentes como jamais eu serei. Toda vestida de negro, ela parecia uma provocação. Se por um lado o contraste com as sombras apenas realçava seu ar divino, por outro, mostrava que não importa o quanto mergulhasse nas trevas, jamais deixaria de ser um anjo.

Cecília…

Sem você eu sigo, um inventor de nomes e histórias irrelevantes em uma padaria de um bairro cujo nome não importa em mais uma contribuição para essa sociedade muito abaixo do razoável.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s