Fronteiras

Eu não acredito em muros
Eu não acredito em fronteiras
Eu não acredito em dor eterna
Eu não acredito em ‘aceite, é apenas um trabalho’
Eu não acredito na roda inesgotável do tempo insano
Eu não acredito que a fome é seleção natural
Eu não acredito em perder a capacidade de chorar
Eu não acredito em submissão
Eu não acredito em rolos compressores
E todos os dias eu tento lutar para que minhas crenças façam sentido

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s